Você já deve ter escutado o alerta: ‘the mind is a terrible thing to taste’, provavelmente o diretor M. Night Shyamalan também. Em “Fragmentado”, o diretor transforma o distúrbio conhecido por ‘transtorno dissociativo’ ou ‘dupla personalidade de identidade’ em mote para realizar um suspense sensacional.

split_1O roteiro de Shyamalan narra a história de Dennis, Patricia, Hedwig, Kevin Wendell Crumb, Barry, Orwell, Jade ou a Fera, personalidades distintas interpretadas com maestria pelo ator James McAvoy. Inteligentemente a sinopse fala em 24 delas, mas apenas estas oito são retratadas. A multi personalidade estimula o sequestro de três adolescentes, no cativeiro, as meninas são forçadas a uma interação com as diferentes facetas do ‘maluquinho’ enquanto tentam escapar. Acho que nem Sigmund Freud escreveria um script melhor.

split_4O diretor M. Night Shyamalan é fã assumido da estética de filmes de suspense das décadas de 30 a 60, principalmente do lendário Alfred Hitchcock, inclusive faz pontas em suas produções tal qual Hitchcock o fazia. Ao imprimir esse estilo em todos seus filmes, Shyamalan está no rol daqueles que você ama ou odeia. A receita é repetida, mas utilizada com maestria, eu gosto do enquadramento da câmera diferente do usual, adoro quando estamos com a impressão de estar bisbilhotando diálogos e etc. Muita gente tosca a impressão desse estilo nos diálogos, prefere não dar crédito a esta como uma recriação do cotidiano. Somos totalmente cafonas e os atores apenas interpretam a vida como ela é.

split_6Fragmentado” é bem sucedido inclusive por buscar que a produção pareça crível, em tom quase documental. M. Night Shyamalan em seus filmes adora criar fábulas, desta vez, conheça a Fera. O diretor e escritor é literalmente um contador de histórias, alguns críticos estão dizendo que este novo filme é a volta por cima de Shyamalan, olha, vou dar uma dica, assista “A Visita” (2015) e perceba que ele já havia retornado e só você é que não percebeu.

Graças às suas qualidades, “Fragmentado” é o filme do gênero terror/suspense que mais arrecadou nas bilheterias norte-americanas desde 2013, desbancando a produção “Invocação do Mal”. A nova incursão de Shyamalan pelos caminhos do medo já acumulou a soma US$ 250 milhões, desde sua estreia em 20 de janeiro, somente nos EUA. Detalhe, o filme custou a bagatela de US$ 9 milhões.

split_2Fragmentado” é tenso e agoniante em certos momentos, além de McAvoy – que poderia ganhar um Oscar de melhor ator por sua atuação –, podemos destacar também Anya Taylor-Joy no papel de Casey Cooke. Não seria exagero inclusive afirmar que “Fragmentado” multiplica o personagem Norman Bates de “Psicose” (1960) em várias camadas.

Existe ao final, uma deliciosa referência a um dos filmes consagrados de Shyamalan, amarrando uma ponta no tocante ao poder da sugestão na mente humana.

Fragmentado” trafega bem durante quase todo o percurso, confiro-lhe nota 7.8.

Trailer

Imagem de Amostra do You Tube

Post de Cristiano Porfirio

Cristiano Porfirio Já publicou 1303 posts nesse site.