capa do livro Memórias de um Legionário (MEDIA)O guitarrista Dado Villa-Lobos, da Legião Urbana, lança seu primeiro livro no dia 22 de maio, com show, às 19h, no Venâncio Shopping. O livro entitulado “Dado Villa-Lobos: memórias de um legionário” chega no ano em que é comemorado os 30 anos da banda. Nele o músico faz uma narrativa na qual relembra sua trajetória artística e destaca sua experiência como guitarrista da banda de rock mais popular do Brasil.

O show de lançamento será um verdadeiro presente aos fãs da Legião Urbana. Nele, o músico compartilhará com o público histórias que permeiam a existência da banda. Dado Villa-Lobos, entre uma música e outra, relembra, como eram os ensaios e a criação de músicas que se tornaram verdadeiros clássicos da Legião. Após o show, o artista recebe o público para sessão de autógrafos do livro e fotos.

Memórias de um legionário
A decisão de  Dado Villa-Lobos em escrever um livro sobre sua trajetória na Legião Urbana se deu no lugar onde se é mais brasileiro: dentro das quatro linhas, no campo de futebol da pelada que o músico joga, às terças-feiras à tarde, na rua ao lado de seu estúdio. Lá, ele encontrou o historiador Felipe Demier, “jogador habilidoso, canhoto e polêmico”, segundo Dado. “Sempre me interessei por História e suas várias narrativas acerca das transformações humanas no tempo e no espaço. No entanto, jamais havia imaginado contar minha própria história de vida – que se encontra, em grande parte, ligada à da música brasileira do período recente. No entanto, de um tempo para cá, decidi narrá-la”, disse Dado.

Felipe Demier sugeriu que Dado escrevesse suas memórias. O músico, porém, declinou da ideia: “Não sou escritor”, disse. Demier persistiu. “Historiador, militante trotskista e interessado na minha trajetória de legionário, ele insistiu na ideia”, lembra Dado.

No entanto, o músico estava sem tempo para focar na narrativa. Felipe, então, sugeriu que o livro fosse feito a seis mãos: Dado, ele e Rômulo Mattos, também historiador, professor da PUC-Rio, amante e profundo estudioso do rock mundial e da música brasileira. Depois de um tempo, Dado concordou. “Levei em conta o complicado momento pelo qual estão passando aqueles que verdadeiramente participaram da história da Legião Urbana. Estabelecer a verdade sobre aquela parte das nossas vidas, sobre aqueles intensos dias, é fundamental para mostrar quem fomos, o que somos e, assim, nos ajudar a saber o que seremos”, disse.

Nos meses finais de 2012 e o ano de 2013, o trio registrou os depoimentos, as lembranças e histórias do guitarrista. “Foram noites às vezes exaustivas e também divertidas, verdadeiras sessões terapêuticas de quase regressão, onde o passado nem tão distante vem avassalador como antídoto ao efeito anestésico do tempo”, descreve o músico.

Transcritas horas e horas de conversas, foram surgindo os capítulos, revisados e reescritos pelos três, e que contaram, ainda, com uma cuidadosa pesquisa histórica nas fontes de imprensa e no acervo da banda, organizado pela mulher de Dado. “Foi assim que surgiu esta história que se apresenta adiante”, conclui Dado Villa-Lobos.

Serviço:
Show de lançamento do livro “Dado Villa-Lobos: memórias de um legionário”
Dia: 22 de maio
Horário: 19h
Local: Praça de alimentação do Venâncio Shopping, Escritórios e Gastronomia, subsolo 2 (PA2)
Entrada franca

Saiba mais sobre Dado Villa-Lobos
Nascido em Bruxelas, Bélgica, a 29 de junho de 1965, Dado Villa-Lobos foi guitarrista, compositor e produtor da Legião Urbana, na qual ingressou em 1983, convidado por Renato Russo e Marcelo Bonfá. Lançado no início de 1985, Legião Urbana, o disco de estreia da banda, obteve um sucesso inesperado pelos executivos da gravadora EMI-Odeon, mas aguardado pelos integrantes da banda, que acreditavam na força daquelas músicas influenciadas pelo punk, com três acordes, ritmo quase sempre acelerado e letras politizadas, de inquestionável qualidade poética. Se, naquela época, o grupo se apresentava em boates ou danceterias, o seu crescente sucesso o levou a tocar em ginásios e, no auge, em estádios de futebol – protagonizando eventos históricos para a música jovem do País. Como membro da Legião, Dado Villa-Lobos esteve na linha de frente da renovação musical e cultural brasileira durante a redemocratização política. Foi ao mesmo tempo agente e testemunha da consolidação do circuito do rock nos anos 1980, quando o gênero deixou de ser maldito e se tornou valorizado pelas gravadoras.

Sobre o Venâncio Shopping, Escritórios e Gastronomia
Conhecido, em Brasília, por oferecer diversos tipos de serviços em um só espaço, o Venâncio Shopping, Escritórios e Gastronomia passa por sua maior transformação. Com o investimento de R$ 200 milhões, a obra de revitalização agrega o conceito multiuso e traz à sociedade brasiliense novas atividades de varejo e alimentação, sem perder a vocação para prestação de serviços.  O projeto prioriza o conforto, a estética, acessibilidade e a funcionalidade, com um Shopping Center totalmente novo que ofertará mais de 150 lojas. Além disso, 650 salas comerciais serão distribuídas em duas torres de negócios.

Em dezembro de 2014, o Venâncio Shopping, Escritórios e Gastronomia inaugurou sua primeira praça de alimentação – ainda haverá outras duas. Com 90% da área locada, os clientes podem encontrar 17 marcas, entre elas, a Happy House, único restaurante coreano em Brasília. Também os restaurantes Picanha Grill, CIA do Garfo, Divino Fogão, Braseiro, Salada Mista, Naturallez, Sabor Singular, Beth Lanches, assim como a famosa Pastelaria Viçosa que vai abrir as portas no novo piso. Além dessas operações, uma Lotérica e a Drogafuji vêm para facilitar a vida dos clientes.

Fonte: Press release

Post de Cristiano Porfirio

Cristiano Porfirio Já publicou 1316 posts nesse site.