Em 3 de maio de 2016, o Biquini Cavadão entrou em estúdio para gravar um novo álbum de inéditas. O 16º da carreira teria a missão de suceder o elogiado “Roda Gigante” (2013), disco que gerou uma turnê vitoriosa. Bem, posso dizer que o recém-lançado “As Voltas Que o Mundo Dá” não apenas supera seu antecessor, como cria um link conceitual com o citado e atesta o amadurecimento da banda.

Uma das novidades em “As Voltas Que o Mundo Dá” está na produção, pela primeira vez o Biquini trabalhou com Liminha, baixista dos Mutantes e produtor de álbuns como “Nós Vamos Invadir sua Praia” (Ultraje a Rigor), “D” (Os Paralamas do Sucesso), “Cabeça Dinossauro” (Titãs), “Rappa Mundi” (O Rappa), “Acústico MTV” (Titãs), “Hoje” (Os Paralamas do Sucesso) e “Acústico NYC” (Capital Inicial). Além de assinar “AVQOMD”, Liminha ainda executou as linhas de baixo.

Capa As Voltas Que O Mundo DáO álbum abre com ‘Soltos pelo Ar’, e a canção vai se expandindo a cada acorde, providenciando uma boa dose de dopamina que aguça nosso prazer. O arranjo vocal de Bruno conectado a cada um dos instrumentos é interligado a ótimas frases como …que tudo seja exatamente como nós não planejamos…, resultando em um excelente cartão de visitas.

É a vez de ‘Arco-Íris’, onde baixo e guitarra permeiam a usina de sons intrepidamente floreadas por efeitos eletrônicos, encapsulando uma letra pesada …não existe um plano e nem uma receita que faça nossa vida ser perfeita…, condenando a falta de sensibilidade e do poder do perdão.

A terceira faixa ‘Um Rio Sempre Beija o Mar’, eleita como single promocional, é bonita e tem um arranjo alegre para contrapor ao tema da anterior. Desta vez celebra-se o perdão e o poder de seguir em frente …me ajoelho pra você me desculpar, mas não consigo me perdoar. Para seguir em frente sei que vou deixar alguma coisa para trás

Como te Conheci’ notabiliza o amor, reforçado por trechos como …quando o amor então acontece, nenhuma lei ele obedece… É o retrato da positividade no trabalho do Biquini.

Momento climão em ‘Você Marcou’, a quinta faixa tem início com um arranjo denso, reforçado por penosas notas de guitarra e teclado. Uma canção que poderia ser um bolero graças a sofrência de trechos como …aquela do Cazuza, nunca mais tocou

Chegamos a metade do álbum com ‘Descobrimentos’, uma bela canção lúdica que tem o auxílio de bandolim e gaita de fole para contar uma vitoriosa história de amor. …pois só eu sei, todo o futuro bom que nos espera, espere para ver acontecer, a nossa história será a mais bela

Em ‘Nossa Diferença de Idade’, o Biquini celebra o amor em todos sentidos. O título autoexplicativo brinca em uma canção divertida e inocente, estimulando a alegria. Enfim, aprenda …você pode acreditar, que nunca é tarde para quem quer amar, descobrir que a felicidade se revela em nossa diferença de idade… e duvido que você fique parado durante a audição. A canção é uma adaptação de ‘Say You Love Me’, da banda mineira Rádiocafé, composta por Rodrigo Coura e Coelho, sim, o maestro do BC.

O Biquini é uma banda que embalou várias histórias de amor, conheço inclusive pessoas que firmaram seus votos de convivência em shows do grupo. A música ‘Para Sempre’ reforça essa ideia embalada por um doce arranjo de guitarra. Vá treinando …seja tudo como for, eu quero para sempre ser, seu maior amor

Em mais de três décadas de existência, finalmente a banda completa a trilogia do f**@-se!, que fora iniciada em ‘Inseguro de Vida’, seguida por ‘Sexta-Feira’ e encerrada agora por ‘Coragem’. A nona faixa de “AVQOMD” é o rock do álbum, não que isso seja um demérito, pelo contrário, apenas representa a coerência do discurso da banda em seus discos e shows. Vá em frente, sinta-se estimulado e não esqueça: …coragem, a vida sempre está por um segundo

A Saudade é o Museu do Amor’ …que me faz viver para ser feliz… é uma bela canção que exalta a lembrança.

Uma guitarra abre ‘Beijar Sem Fim’, a penúltima faixa do álbum, que tem referências de pop rock gringo da melhor qualidade. O arranjo emoldura a letra que serve de estímulo para bons momentos a dois, tais como: …quando você vai chegar, quando você vai chegar ligar, quando você vai me chamar pra sair[…]quando você vai me deixar, te beijar sem fim?… Aproveita a deixa e liga agora o crush.

A derradeira faixa de “AVQOMD”, intitulada ‘Um Minuto’, reforça a parceira das cordas de Coelho com as inspirações eletrônicas de Miguel. Deliciosa e cumprindo o papel de positivismo do álbum, encerra uma ótima audição graças a trechos como: …não há nada que te faça esquecer

É impressionante o quanto “As Voltas Que o Mundo Dá” soa moderno e necessário. O mundo do pop rock que anda estagnado, ganha um álbum que reitera o poder do amor sem soar piegas, arrisco dizer que este disco que irá figurar nas tradicionais listas de melhores de 2017.

Sem exageros, o disco reforça a dinâmica e a cumplicidade de Bruno, Coelho, Miguel e Birita, excelentes músicos e pessoas que levam a sério o trabalho artístico que desenvolvem. Responsabilidade e talento são ótimas palavras para definir e finalizar esta resenha.

Lançado pela Coqueiro Records, “As Voltas Que o Mundo Dá” pode ser ouvido em plataformas digitais de streaming — ouça no player abaixo — ou adquirido em formato digital ao valor de R$ 9,99 no Google Play e USD 9 no iTunes. O CD físico chega às lojas ao preço médio de R$ 28.

Hey, aproveite e nos siga no Spotify. 😉

Post de Cristiano Porfirio

Cristiano Porfirio Já publicou 1302 posts nesse site.