E o Na Rota do Rock Produções orgulhosamente apresenta: A Nota Do Rock, o quadro de notícias sobre o universo do Rock e só sobre o Rock … a gente promete.

A Nota do Rock – (19/03/2018 – 26/03/2018)

#SmashingPumpkins #LiamGallagher #Oasis #EddieVedder #PearlJam #Lolla #PerryFarrell #Miranda

Smashing Pumpkins – a treta continua…

Smashing Pumpkins ainda nem fez seu show de reunião e já está dando o que falar! Recente entrevista do líder da banda, Billy, e sua ex-baixista D’arcy estão tomando conta das manchetes pelo chumbo trocado que isso virou:

Billy e D’arcy estariam 19 anos sem se ver e ele a acusa de ter compartilhado na internet correspondências privadas sobre o retorno da banda.

“Acho que isso que ela fez mostra porque ela não poderia estar envolvida (na volta da banda). Eu estava vulnerável e confiei que houvesse uma razão para dar uma chance, apesar de algumas evidências gritantes que essa não era uma sábia decisão”.

E conclui dizendo que a ponte entre eles queimada “para sempre”. Mas treta boa sempre tem réplica, e em resposta D’arcy revelou que Billy teria enganado-a sobre a reunião:

“Ele estava me enrolando, me usando para dizer que de fato, seria uma reunião com todos os membros. Billy pode ser incrivelmente charmoso e divertido, mas quando entra dinheiro e créditos do trabalho, não é legal”.

E acrescentou que havia um mal entendido sobre como os membros seriam pagos afirmando que Billy ganharia o dobro dos demais: “Eu realmente queria fazer essa tour pelas questões certas. Se todos estivessem fazendo isso de graça, eu faria de graça”- Arrematou a baixista.

A formação da banda original (sem D’arcy) está gravando dois EPs com a primeira música inédita a ser lançada em maio e já tem a turnê “Shiny And Oh So Bright” começando dia 12 de julho em Glendale, Arizona/EUA.

Vamos buscar uma pipoca para aguardar cenas dos próximos capítulos! E falando em treta…

Liam Gallagher abandona palco no Chile e cancela show em Sampa…

Apesar de ter se comportado bonitinho ontem em sua apresentação no Lolla, Liam Gallagher deixou todos apreensivos ao longo da semana por ter deixado o palco do Lolla no Chile dia 18 e cancelado um show em São Paulo dia 21,.

Especulava-se se o cantor iria cumprir a agenda do festival no Brasil, pois alegou problemas de saúde (sinusite, infecção de garganta e ouvido), mas no Chile o músico havia reclamado também do som e após 4 músicas abandonou o palco do festival deixando a plateia muito insatisfeita, o que lhe rendeu algumas vaias.

Liam, no entanto, parece não ligar para a reação negativa do público já que repetiu o feito do Lolla em Chicago em 2017 quando deixou o palco após a terceira canção.

No entanto, ontem, o músico realizou o sonho dos fãs do Oasis com um set recheado de músicas da banda e, entre elas, “Some Might Say”, “Wonderwall”, “Morning Glory” e “Supersonic”e até fez uma aparição surpresa durante a apresentação da banda The Killers!

E falando em Lolla:

Pearl Jam fez valer a pena cada centavo do ingresso de seus shows no Brasil….

Somos muito suspeitos para falar de Pearl Jam, mas a passagem da banda pelo Brasil esse ano foi realmente espetacular:

Na apresentação no Maracanã, o tradicional pôster que a banda elabora para suas apresentações foi, por si só, um show com uma arte – assinada por Ravi Zupa – que fez clara referência à violência sofrida na cidade maravilhosa:

https://www.instagram.com/p/Bgluqsanzmi/?utm_source=ig_embed

Na publicação da imagem feita em seu Instagram, a banda ainda postou a seguinte dedicatória:

Esta peça é uma homenagem ao Rio de Janeiro — particularmente às pessoas das favelas que, apesar da obscena desigualdade, encontraram uma forma de construir cidades em cima de morros.”

Já no Lolla, na noite de sábado, a banda trouxe como novidade o recém-lançado single, “Can’t Deny Me”, antecedido por discurso de Eddie Vedder sobre o desarmamento.

Quantas armas estão por aí? Quantas estão seguras? O quão seguros estamos nas ruas? (…)É uma vida muito bonita, as pessoas são muito bonitas”.

A performance ainda contou com parabéns a Perry Farrell, criador do festival, subindo ao palco para cantar “Mountain Song” do Jane’s Addiction e covers de Talking Heads, Pink Floyd e The Who, além das marcantes e maravilhosas canções da própria banda.

E, pra fechar, a notícia mais triste da semana:

Miranda nos deixou na última quinta-feira….

Vítima de um mal subido na última quinta-feira, 22, o produtor musical Carlos Eduardo Miranda nos deixou aos 56 anos.

Miranda ficou famoso por participar como jurado no programa Ídolos, mas já era uma figurinha carimbada na cena rock nacional sendo o responsável pelo lançamento de bandas como O Rappa, Skank, Raimundos, entre outros nomes de peso.

A perda foi lamentada por vários artistas, colegas e bandas em suas redes sociais e fica aqui nosso agradecimento à relevante contribuição deste gaúcho ao rock brasileiro e nossa admiração por sua sinceridade sagaz que sempre foi sua marca.

Vá em paz, Miranda!

Quer compartilhar as notícias? Não perca tempo: curta nossa página (www.facebook.com/canalnarotadorock) e #Rockpartilhe esse conteúdo.

Post de Cristiano Porfirio

Cristiano Porfirio Já publicou 1351 posts nesse site.