aQuando a cantora Paula Toller (Kid Abelha) anunciou que o público do “Nívea Viva Rock Brasil“, em Brasília, havia passado dos 100 mil, constatamos o óbvio, que o festival Nívea Viva, patrocinado pela marca de produtos cosméticos para a pele e higiene corporal, está fazendo muito bem para a música nacional, desta vez, celebrando os 60 anos do rock brasuca. Os homenageados de outras edições foram: 2012 – Elis Regina; 2013 – Tom Jobim; 2014 – centenário do Samba; e, 2015 – Tim Maia.

Quando afirmo que o festival Nívea Viva faz bem para a nossa música, me refiro ao resgate da história cultural pelo projeto, que traz à tona esquecidas entidades musicais que são importantes para o nosso passado, presente e futuro. Um país sem memória, principalmente no tocante a cultura, deixa a desejar em vários aspectos, inclusive na educação.

Para mensurar a importância do “Nívea Viva Rock Brasil“, é preciso enxergar além do belo trabalho desenvolvido no palco, se faz necessário perceber cada indivíduo presente no festival. É legal o exercício de desfragmentar a plateia por diversidade, seja por idade, sexo, cor ou qualquer outro marcador. É importante perceber o quanto o rock nacional é rico e atinge a todos, independente, por exemplo, da faixa etária. Fiquei emocionado ao testemunhar pessoas da minha e de várias outras gerações cantando em uníssono.

DSC_1504A síntese das seis décadas do pop rock brasuca foi apresentada na ordem cronológica, em um espetáculo com duração aproximada de 2h30. O público, com raríssimas exceções, sabia acompanhar a cada canção, como diria no jargão popular: de cabo a rabo. Foi superinteressante ver crianças e/ou adolescentes cantando a plenos pulmões obras datadas bem antes do seu nascimento, como ‘Óculos’, ‘Gita’, ‘A Dois Passos do Paraíso’ e tantas outras.

Com a urgência de estabelecer uma linha do tempo, o repertório de pop e rock foi sendo apresentado conforme o figurino, passando pela Jovem Guarda dos MutantesRita Lee; da inesquecível fase dos anos 80 que eternizou nomes como Blitz, Legião Urbana, Os Paralamas do Sucesso, Barão Vermelho e Titãs; e dos anos 90 para cá, representados por O RappaCharlie Brown Jr., Raimundos, Skank, Nação Zumbi, Pitty, Los Hermanos e Suricato.

DSC_1499Em relação a apresentação, a banda formada — com direito a revezamento no palco — por Paralamas do Sucesso, Nando Reis, Paula Toller, Marjorie EstianoLiminha, Dado Villa-Lobos, Maurício Barros e Rodrigo Suricato garante um resultado empolgante e emocionante.

A cidade Brasília foi a penúltima a receber o “Nívea Viva Rock Brasil“, festival que ajudou a apresentar a qualidade do rock brasileiro produzido em todo o país, provando seu valor em todas as épocas, fato atestado pelo público que cantou e se divertiu, voltando para casa ao final com um sorriso de orelha a orelha; a Capital Federal entende deste estilo musical inquietante, é um celeiro de grandes bandas prontas para despontar no cenário nacional, algumas delas inclusive já colhem frutos como Scalene e Dona Cislene.

Logo abaixo, repertório completo, indicando cada participação e mais algumas fotos, todas clicadas com um celular Sony Xperia Z5.

Intolerância
A moça na foto foi hostilizada e agredida por estar portando este cartaz escrito “Fora Temer”. Um absurdo completo as pessoas não terem o direito de se manifestar, afinal, este país deveria ser livre e democrático. Fica aqui minha indignação perante tanta intolerância.
z


REPERTÓRIO:


1. Pout-pourri: Banho de Lua / É Proibido Fumar / Pode Vir Quente Que Estou Fervendo / Quero Que Vá Tudo Pro Inferno (Marjorie Estiano, Paula Toller & Nando Reis)
2. Panis Et Circenses (Marjorie Estiano)
3. Ando Meio Desligado (Marjorie Estiano)
4. Agora Só Falta Você (Marjorie Estiano, Paula Toller & Nando Reis)
5. Ovelha Negra (Paula Toller)
6. Gita (Nando Reis)
7. Sonífera Ilha (Nando Reis & Os Paralamas do Sucesso)
8. Marvin (Patches) (Nando Reis & Os Paralamas do Sucesso)
9. Óculos (Os Paralamas do Sucesso)
10. Meu Erro (Os Paralamas do Sucesso)
11. Tempo Perdido (Dado Villa-Lobos & Os Paralamas do Sucesso)
12. Será (Dado Villa-Lobos & Os Paralamas do Sucesso)
13. Até Quando Esperar (Marjorie Estiano & Os Paralamas do Sucesso)
14. Como Eu Quero (Paula Toller)
15. Nada Sei (Apnéia) (Paula Toller)
16. A Dois Passos do Paraíso (Nando Reis)
17. Ciúmes (Nando Reis)
18. Olhar 43 (Rodrigo Suricato)
19. Fullgás (Marjorie Estiano)
20. Me Adora (Marjorie Estiano)
21. O Segundo Sol (Nando Reis)
22. Vou Deixar (Nando Reis & Paula Toller)
23. Anna Julia (Dado Villa-Lobos)
24. Primeiros Erros (Paula Toller & Rodrigo Suricato)
25. Talvez (Rodrigo Suricato)
26. Praieira (Marjorie Estiano)
27. Me Deixa (Rodrigo Suricato)
28. Proibida pra Mim (Nando Reis)
29. Mulher de Fases (Rodrigo Suricato)
30. Monte Castelo (Rodrigo Suricato)
31. Último Romântico (Todo o cast)
32. Pro Dia Nascer Feliz (Todo o cast)
33. Do seu lado (Todo o cast)
BIS:
34. É Preciso Saber Viver (Todo o cast)
35. Agora Só Falta Você (Todo o cast)


FOTOS:


DSC_1449DSC_1455DSC_1462DSC_1472DSC_1537 DSC_1546 DSC_1559 DSC_1588 DSC_1589 DSC_1592 DSC_1601DSC_1487 DSC_1516 DSC_1522 DSC_1527DSC_1531DSC_1632

Post de Cristiano Porfirio

Cristiano Porfirio Já publicou 1305 posts nesse site.