Confira resenha, trailer e pack de posters.

Ao resenhar “John Wick: Um Novo Dia Para Matar”, lembro-me de cenas da produção e de bate-pronto fico com um sorriso de orelha a orelha. Nunca escondi de ninguém que tenho afinidade por filmes de ação dos anos 80, principalmente os que têm em seu cast Stallone ou Schwarzenegger e possuem no script o desejo de vingança como combustível.

johnwickchaptertwo_1O bom resultado em “John Wick: Um Novo Dia Para Matar” pode ser atestado por vários motivos: a direção segura de Chad Stahelski, o roteiro bem amarrado por Derek Kolstad – ambos de “De Volta ao Jogo” (2014) que garante a liga entre os dois filmes – e o comprometimento do astro Keanu Reeves, que se destaca como protagonista. Falando em Reeves, é impressionante o quanto o astro com 52 anos ainda se mantém jovem, ah, vale dizer que finalmente ele conseguiu emplacar uma boa continuação, nem preciso te lembrar de Bill & Ted e Matrix.

johnwickchaptertwo_22John Wick: Um Novo Dia Para Matar” praticamente tem início onde o primeiro termina e após a concretização da vingança, Wick é forçado a um novo desafio, a partir daí as tretas vão se acumulando e é preciso provar para o bem de sua sobrevivência que ele realmente é o cara! Fiquei empolgado para um terceiro capítulo da saga.

A dinâmica em “JW2” elevou os filmes de ação a um novo patamar, não que a produção seja o santo gral dos filmes de ação, mas a velha fórmula de vingança com tiro, porrada e bomba ganha novas cores e sensações.

johnwickchaptertwo_3Tecnicamente, “JW2” repete as elogiadas implementações do primeiro filme, maximizando-as: a coreografia das lutas é convincente; a edição é ágil e eficiente; a fotografia investe em uma paleta de cores vivas, quase neon em alguns momentos; belas locações; os diálogos garantem boas risadas; e o melhor, mesmo ‘fodão’, John Wick, aquele que é o bicho-papão, o homem, o mito e a lenda, não é um ser invencível e essa humanidade aproxima o espectador do protagonista. Ah, ele também poderia ser conhecido por ser o rei do ‘headshot’. #gamersentenderão

Bem, finalizo a resenha com a seguinte afirmação: As definições de filme de ação foram atualizadas.

John Wick: Um Novo Dia Para Matar” mantém seu tráfego em uma rota perfeita, merecendo nota 8.7.

johnwickchaptertwo_8Em tempo:
1) Curti ver o ator Laurence Fishburne, sim, o Morpheus de “Matrix” está em “JW2”, atuando novamente ao lado de Reeves.
2) “De Volta ao Jogo”, o primeiro filme do personagem John Wick pode ser encontrado facilmente no catálogo do Netflix.

Trailer

Imagem de Amostra do You Tube

Posters

johnwickchaptertwo_18 johnwickchaptertwo_19 johnwickchaptertwo_20 johnwickchaptertwo_21 johnwickchaptertwo_22 johnwickchaptertwo_23 johnwickchaptertwo_2 johnwickchaptertwo_4 johnwickchaptertwo_6 johnwickchaptertwo_7 johnwickchaptertwo_8 johnwickchaptertwo_11 johnwickchaptertwo_12 johnwickchaptertwo_13 johnwickchaptertwo_14 johnwickchaptertwo_16 johnwickchaptertwo_17

Post de Cristiano Porfirio

Cristiano Porfirio Já publicou 1358 posts nesse site.